O mercado de personalização está em um grande momento, com uma perspectiva de crescimento para os próximos anos maior que em outros setores, fazendo dele uma das grandes opções para se iniciar um negócio próprio.

Seja para produção de brindes associados a campanhas publicitárias e promoção de vendas, seja para produção de peças para vendas através de e-commerce, o mercado está com uma demanda muito alta para produção de peças personalizadas, sendo elas camisetas, canecas, chinelos, canetas, calendários, dentre diversos outros itens.

Dados do setor de brindes promocionais mostram que nele são movimentados mais de 7 bilhões de reais por ano.

Além de encomendas de altas quantidades, feitas por empresas no modelo B2B — business-to-business — existe também a demanda individual no modelo B2C — business-to-consumer — em que o cliente encomenda uma ou poucas unidades, com um fim específico, como para fazer uma decoração para uma festa ou para um presente em uma data especial.

Confira abaixo alguns dados importantes que vão te ajudar a decidir por um negócio próprio no mercado de personalização.

Baixo investimento inicial e retorno rápido

Além de ter esse amplo mercado a ser explorado, montar um negócio próprio para personalização tem um investimento inicial muito baixo. Em um pequeno espaço físico, que pode ser no quintal ou na garagem de uma casa, por exemplo, já é possível colocar um equipamento e os insumos para iniciar uma pequena produção.

E não é necessário manter estoques, se for trabalhar por encomenda. Conforme a entrada dos pedidos as compras de materiais, tais como camisetas, canecas, chinelos, tecidos, papéis e tintas especiais, são comprados, já utilizando a entrada de caixa daquele pedido, que geralmente é pago total ou parcialmente, para cobrir o material a ser utilizado.

Valor agregado e diferencial competitivo

As empresas enxergam que há um grande valor agregado às suas marcas quando empregam a personalização para distribuição de materiais, pois essa ação faz com que o cliente se sinta único e, por consequência, torne-se mais fiel à marca. 

Dependendo da criatividade da área de marketing em relação aos produtos personalizados, esse fator pode até se tornar um diferencial competitivo no momento em que o cliente for se decidir pela compra.

Com qual equipamento começar

No que diz respeito a equipamentos, uma pequena máquina para estampar pelo processo de sublimação, em que há a transferência da imagem para a base a ser impressa utilizando um equipamento específico, já é o suficiente para iniciar o negócio, pois com ela é possível estampar, de forma perfeita, camisetas, chinelos e canecas, por exemplo.

Esse seria o único investimento inicial, sendo que os outros custos serão variáveis, conforme a demanda de pedidos.

Com certeza, iniciar na área de empreendedorismo pelo mercado de personalização é uma das opções de menor risco no momento, sendo que o retorno sobre o investimento é rápido, em um setor com viés de alta no consumo, tanto por empresas quanto por consumidores finais.

Curtiu nossas informações sobre o mercado de personalização? Então confira nossas dicas para você iniciar seu negócio de canecas personalizadas!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *